Bullet Journal com Kalinka Carvalho

1.5.17


Na última terça, 25/04, houve um evento na Fnac do shopping Morumbi em parceria com Kalinca Carvalho e Moleskine. O tema? Bullet Journal! Um método criado por Ryder Carrol que já estava cansado de perder todas as suas anotações e resolveu juntar tudo em um mesmo lugar, no vídeo abaixo ele mostra como por ser feito e quais são as características básicas que deve ter em um.

 

Agora, o que a Kalinka e a Mosleskine tem haver com tudo isso? A Kalinka é uma daquelas mulheres corajosas que largam uma carreira para começar outra que ama, nesse caso é ela se tornou uma gestora de organização. No seu site você pode conhecer o seu trabalho e como entrar em contato para pegar umas dicas básicas. Ela conseguiu inspirar 80 pessoas a começarem o método ou persistirem, porque não é fácil não ser didática gente, já perdi as contas de quantos cadernos comecei e deixei de lado (eu tenho essa mania chata de comprar vários, o que acaba dificultando o processo de manter um único bullet journal).

Diego e Kalinka 

Acho que todos conhecem a marca Moleskine, quando você vai no Starbucks e tem um carinha sentado tomando seu café puro com pouco açúcar, fazendo pesquisas no seu notebook e anotando seus achados, mais de 90% dos casos eles têm em suas mãos um caderno da Moleskine. Quem representou a marca no evento foi o Daniel Dalmaso, que nos trouxe um brinde incrível ♥

Caderno Moleskine, brinde da noite! Um bom incentivo para começar um bullet, thanks Moleskine ♥

Depois de uma introdução dessas, vamos ao que interessa: para que serve o bullet journal? De acordo com o seu criador serve para registrar o passado, organizar o presente e planejar o futuro. Você pode começar com um caderno e uma caneta, muitos gostam de comprar coisinhas para enfeitar o bujo (apelido carinhoso para bullet, pesquise essa palavra no pinterest e aparecerá diversas inspirações), apenas não se esqueça que o método é uma extensão de você, então se você gosta das coisas minimalistas é bem provável que o seu caderno siga essa linha.

Bullet do Ryder, criador do método

O bullet journal tem ''regras'', isso não quer dizer que você tem que segui-las, o Ryder Carrol indica que seja feito dessa maneira para deixar as suas anotações o mais organizado possível, pois essa é a proposta aqui.
  • Index: o famoso sumário, por causa dele você tem que enumerar as páginas para deixá-lo em ordem;
  • Log futuro: que é um calendário anual, você pode deixar em uma página mesmo;
  • 3º Log do mês: uma parte do caderno dedicada ao mês para anotar seus compromissos (importante: compromisso tem data e horário marcado, as tarefas não entram nesse quesito e sim no log do dia);
  • 4º Log do dia ou daily calendar: é basicamente as tarefas do seu dia a dia.

The lazy genius collective

Productive and pretty
Hanna Hemily lane
Pinterest
Parece ser complicado e cheio de detalhes, mas eu garanto que não é. Está dando certo comigo pelo menos, e quando você pega o jeito a sua vida começa a entrar nos trilhos.
Uma dica que a Kalinka deu e eu amei foi a de montar um bullet em inglês, ou no idioma que preferir, para ir treinando, estou pensando seriamente em fazer um assim.

Gostaram do método? Espero que a resposta seja positiva. No site da Moleskine você encontra vários modelos lindos para começar o seu próprio bullet e nos links abaixo uma inspirações para organizar o seu. Para quem quiser saber o que foi dado na integra no evento, a Kalinka disponibilizou os slides da sua palestra, que você pode conferir aqui.

You Might Also Like

0 comentários

@3VPS

Facebook do 3VPS

#chegadefiufiu

#chegadefiufiu