Lidos em fevereiro

By Rissellie zani - 27.3.16

Girl reading a notebook

Hoje vou postar um combo leitura, aproveitei o hiato da faculdade para compensar os livros não lidos no semestre passado. Não que eu esteja reclamando das leituras exigidas, gosto e aprendo muito com os diversos autores que já estudei, mas sinto falta dos meus clichês favoritos. <3



Como Eu Era Antes de VocêComo eu era antes de você
Editora Intrínseca

Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Sua vidinha ainda inclui o trabalho como garçonete num café de sua pequena cidade - um emprego que não paga muito, mas ajuda com as despesas - e o namoro com Patrick, um triatleta que não parece muito interessado nela. Não que ela se importe. Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor tem 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de ter sido atropelado por uma moto, o antes ativo e esportivo Will agora desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Sua vida parece sem sentido e dolorosa demais para ser levada adiante. Obstinado, ele planeja com cuidado uma forma de acabar com esse sofrimento. Só não esperava que Lou aparecesse e se empenhasse tanto para convencê-lo do contrário.

Uma comovente história sobre amor e família, Como eu era antes de você mostra, acima de tudo, a coragem e o esforço necessários para retomar a vida quando tudo parece acabado.

O que eu achei da leitura: Confesso que só li esse livro depois de ter visto o trailer do filme, que ainda não foi lançado. Quando comecei pensei que seria óbvio o final da história, mas não foi (esse momento me lembrou quando estava lendo A Culpa das Estrelas, o erro me levou a quase uma hora de choro quando li o último capítulo). A personagem principal desse livro não entrou para a minha lista de favoritas do ano, mas o enredo da história preenche as partes que não gostei muito. 


Depois de vocêDepois de Você
Editora Intrínseca

Quando uma história termina, outra tem que começar.


Com mais de 5 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, Como eu era antes de você conta a história do relacionamento entre Will Traynor e Louisa Clark, cujo fim trágico deixou de coração apertado os milhares de fãs da autora Jojo Moyes.
Em Depois de você, Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la.
Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente.

O que eu achei da leitura: Esse livro, para quem não sabe, é continuação do primeiro livro deste post. Lou continua sendo aquela personagem que não sabe direito o que quer, apenas sente quando algo é certo a fazer ou errado, e isso me deixa um pouco furiosa. No primeiro livro eu tinha o personagem Will, cheio de si e certo do que queria, tanto que ele se manteve fiel aos seus pensamentos iniciais, mas agora eu tenho apenas Lou e alguns personagens secundários. Por causa disso, demorei a terminar o livro, achei maçante e queria que alguém menos óbvio para mudar a vida dela. 
Infelizmente, só terminei esse livro para saber o que realmente acontece com ela sem a ancora Will. E que bom que isso aconteceu! Porque no final, só no final, eu vi um toque de audácia nela.


Amy & MatthewAmy & Matthew
Editora Galera Record

Amy e Matthew não se conheciam realmente. Não eram amigos. Matthew sabia quem ela era, claro, mas ele também sabia quem eram várias outras pessoas que não eram seus amigos.Amy tinha uma eterna fachada de felicidade estampada em seu rosto, mesmo tendo uma debilitante deficiência que restringe seus movimentos. Matthew nunca planejou contar a Amy o que pensava, mas depois que a diz para enxergar a realidade e parar de se enganar, ela percebe que é exatamente de alguém assim que precisa.À medida que passam mais tempo juntos, Amy descobre que Matthew também tem seus problemas e segredos, e decide tentar ajudá-lo da mesma forma que ele a ajudou.E quando a relação que começou como uma amizade se transforma em outra coisa que nenhum dos dois esperava (ou sabe definir), eles percebem que falam tudo um para o outro... exceto o que mais importa.

O que eu achei da leitura: Eu só li esse livro por causa da sinopse, e foi uma surpresa! Você pensa que vai ser um romance entre dois jovens tímidos no ensino médio e que vai acabar com os dois encontrando a confiança um no outro, mas é mais do que isso. Os dois me ensinaram que meus problemas podem ser do tamanho de um grão de arroz. Cada um supera seus medos e anseios de maneiras diferentes, e ambos se ajudam.
Foi uma leitura incrível, gratificante e que me deixou uma mensagem no final. Esses são os melhores livros.

A Rainha VermelhaCoroa de Sangue
Editora Seguinte 

O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.
Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?
Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe - e Mare contra seu próprio coração.

O que eu achei da leitura: Existe avaliação maior que cinco estrelas? Desde Jogos Vorazes que eu não me animava assim com um livro de fantasia! Uma jovem que descobre dentro dela a maior e mais poderosa arma. Um romance com dois irmão, sendo que um se revelará um mal elemento. Intrigas, ciúmes, provas de lealdade e principalmente corações quebrados prontos para se reconstruir.
Até agora, esse foi o melhor livro que eu li em fevereiro.


Espada de VidroEspada de Vidro
Editora Seguinte

“Se sou uma espada, sou uma espada de vidro, e já me sinto prestes a estilhaçar.”

O sangue de Mare Barrow é vermelho, da mesma cor da população comum, mas sua habilidade de controlar a eletricidade a torna tão poderosa quanto os membros da elite de sangue prateado. Depois que essa revelação foi feita em rede nacional, Mare se transformou numa arma perigosa que a corte real quer esconder e controlar. Quando finalmente consegue escapar do palácio e do príncipe Maven, Mare descobre algo surpreendente: ela não era a única vermelha com poderes. Agora, enquanto foge do vingativo Maven, a garota elétrica tenta encontrar e recrutar outros sangue novos como ela, para formar um exército contra a nobreza opressora. Essa é uma jornada perigosa, e Mare precisará tomar cuidado para não se tornar exatamente o tipo de monstro que ela está tentando deter.

O que eu achei da leitura: Essa é a continuação da Rainha Vermelha, uma trilogia, o terceiro ainda não foi lançado. Em comparação ao primeiro esse deixa a desejar, pelo menos pra mim. O enredo é muito bom, mas não me cativou tanto quanto o primeiro. Mare fica frágil, a ponto de se questionar toda hora sobre as pessoas, não sabe mais qual é sua verdadeira luta, se perde. Ok, tudo mudou, nem todos são confiáveis, mas assim fica difícil. Quem vai ser a luz no fim do seu túnel? Essa resposta só vou ter no último livro.


Créditos: Skoob e Pexels.

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários