Destaques

Pausa para um café #02

Por Rissellie zani •
19.11.13
Hoje o colunista da revista Época, Danilo Venticinque, postou uma matéria interessante que eu decidi compartilhar com vocês o meu ponto de vista sobre ela, então, pode pegar um café (nesse horário já deve estar com gosto de velho, mas não tem problema requentar) e ler mais um ''Pausa Para um Café''.


Um reality show para escritores, você participaria?



Itália, berço de um escritor e roteirista que eu amo, Federico Moccia, está em evidencia por conta de um reality show que vem dividindo opiniões. ''Quatro romancistas estreantes sentam-se num auditório futurista em frente a seus computadores. Um cronômetro gigante acima de suas cabeças mostra que eles têm 30 minutos para escrever um texto de ficção sobre um tema que acaba de ser apresentado. Telas enormes exibem em tempo real cada palavra que eles digitam, enquanto três autores consagrados observam tudo e conversam descontraidamente.''.O nome desse programa? ''Masterpiece'' (obra-prima em tradução literal).

Eu fiquei assustada quando eu li essa especificação do programa feito pelo Daniel, eu, como uma quase escritora me sentiria pressionada. Escrever é, na minha convicção, algo que deve ser feito em um momento íntimo. Você constrói uma bolha em sua volta, esquece de tudo e se doa completamente para a estória que está construindo. '' A superexposição dos candidatos nas provas seria um insulto ao ato de criação literária, lenta e solitária por natureza''. Ali, naqueles 30 e míseros minutos, os escritores são ''forçados'' a extrair toda gota de criatividade e sem direito às maravilhosas revisões, mas nada disso impediu que mais de cinco mil candidatos enviassem seus rascunhos. O que pode-se tirar disto é o desafio, e também o prêmio, não serei ingenua a tal ponto de superestimar o ser humano. Como já citou algum algum sábio: ''Os fins justificam os meios.''

O sucesso é grande na Itália, onde o habito de ler está se esvarando pelos dedos assim como no resto do mundo. Com a internet e os outros meios de comunicação ler ficou em último lugar, imagina escrever? Fazer um reality show é um belo modo de ''popularizar'' o que já foi a vida de muitos. Críticas estão em todos os lugares, o estranho assusta. E me assustou. O fato é, para concluir, querem transformar o ato de escrever em algo comum a todos. Não vou me assustar se, em um futuro não tão distante, eu ver um slogan com a frase ''Escrever é pop''. 

Voltando a pergunta do título, você participaria de um reality assim aqui no Brasil? 



Comentários via Facebook

2 comentários:

C.R disse...

Acho a ideia de reality show uma iniciativa legal. De fato não são muitas as pessoas que gostem de escrever. Mas discordo em partes de você. Não sei muito sobre o ''Masterpiece'', porém acho que como na maioria dos reality shows os escritores devem ser convidados a participar e, não forçados. Escrever em minha opinião não acho que é algo totalmente intimo. Você escreve, revisa de dia, revisa a noite e sempre que tem um tempo. Dorme pensando em como melhorar e no que escrever. Escrevemos do que gostamos e também do que não gostamos. Imaginamos como será a reação das pessoas ao lerem um texto redigido por você, queremos que nossos sentimentos e emoções tudo aquilo que colocamos em cada letra, palavra e verso chegue ao leitor. Não é o caso de todos, mas queremos expor nossa obra, que leiam mesmo que seja um número mínimo de pessoas. Por isso acho interessante a proposta do reality. Claro não sei se eu com a minha ingênua perspectiva a compreendi. Desafiar o escritor a redigir um texto de um tema dado na hora em determinado limite de tempo é um desafio extraordinário. Todo escritor em algum momento vai lidar com a pressão e o tempo. É preciso coragem para isso, se entregar ao desconhecido, não deixar se consumir, esfriar a cabeça e permitir que os sentimentos cheguem às pontas dos dedos. E Escrever.

C.R disse...

Claro que não existe apenas um tipo de escritor no mundo. Por isso eu também concordo com a sua opinião. Para você que eu suponho que escreva como um hobbie, não há limite de tempo. Você faz o seu tempo, se entrega no seu mundo. E para você a ideia desse reality show pode chegar a tudo o que você já disse. Já no universo de um escritor profissional seja qualquer o ramo, há essa pressão, essa delimitação de tempo. (Deixe-me ditar um exemplo, o Dan personagem de Gossip Girl não sei se você assiste ou já assistiu. Ele estava escrevendo um livro e tinha esse relacionamento com o tempo, para entregar um capitulo em um determinado período.) Por esse motivo eu achei interessante a proposta do reality. Você cresce como escritor independente do tipo. Você não pode deixar-se tomar pela pressão, para poder estimular a sua criatividade. É uma experiência e tanto para um escritor eu acredito. Com tudo eu adoraria ver um texto seu a respeito desse assunto. O tempo para escrever.

Publicidade

Instagram

© 3 vezes por semana ♥ – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in