Destaques

5:32 am

Por Rissellie zani •
3.5.18


Eu penso naquele dia toda manhã, bem no horário que aconteceu. 5 anos atrás, assim que o sol se colocou no céu, você estava na calçada em frente à minha antiga casa. Do seu lado uma mala, nas suas costas uma mochila cheia de compartimentos e lotada com a sua vida. Eu sabia, desde seu último aniversário - que acontecera meses antes - que esse dia chegaria.

Desde criança nós havíamos planejado o nosso futuro juntos, qual curso na faculdade, qual viagem de férias, qual brinquedo pedir para o papai noel. Eu queria viajar o mundo e você tinha medo de ir no Rio de Janeiro com a minha família ver os fogos da virada em Copacabana, quem diria que mudaríamos de rota? Drasticamente fui puxada pra baixo pelas crises de ansiedade que começaram após a morte da minha mãe, nada mais de Rio ou de fogos. Eu saia cada vez menos e cada vez mais você encontrava o seu verdadeiro ser. Óbvio que a culpa disso não foi sua, falei pra você na sua festa cheia de gente, em meio ao barulho, em meio a bebida e drogas.

Naquele dia eu estava puta comigo mesma, essas merdas de crises não deixaram eu aproveitar o ensino médio contigo, eu bebi e usei coisas que não sabia nem o nome. Dancei com todo mundo, inclusive o idiota do Marcos, ele tentou me beijar a força e adivinha quem apareceu do nada pra dar um soco nele e me carregar pro jardim dos fundos? Falei tudo, você também. Todos os seus planos foram compartilhados durante a madrugada, no final os dois estavam cansados de tudo.

E aqui estou, formada, em outro país, com sessões no terapeuta marcados até o final do ano e lembrando de você. 

Naquela época eu não tinha instagram ou facebook, por isso trocamos alguns e-mails depois do seu primeiro voo. Sabíamos que resgatar o passado seria impossível então deixamos escapar o que tínhamos entre o tempo, no seu último e-mail você descreveu como era a Índia e como a vida de um mochileiro pode ser miserável e maravilhoso. No final você perguntou como eu estava e em uma resposta nunca  enviada eu coloquei tudo o que tinha no meu peito.

Poderia te procurar na internet, mas quem disse que eu tenho coragem? Decidi recomeçar, tentar deixar o futuro que eu sempre sonhei contigo pra trás e criar um novo, o máximo que eu me permito é tocar as nossas lembranças uma vez por ano, no horário que aconteceu a nossa despedida.


Leia mais

Late night vibes

Por Rissellie zani •
2.5.18

Deita comigo no sofá, deixa meu corpo ser teu travesseiro, quero te fazer carinho nas tuas noites de insônia, poder cantar baixinho a melodia que tu mais gosta. Preciso te cobrir nos meus braços e te fazer minha, sinto que sem você eu não sou eu, louco isso, né? Você se tornou a minha melhor parte e sem ela eu já não sou mais nada. Me faça inteiro todos os dias, não vá embora não, fica aqui. O café da manhã é por minha conta, você ainda gosta do café puro com pouco açúcar? Troca de roupa, pega a minha camiseta cinza que está na gaveta, ela fica linda no seu corpo, volta rápido, quero aproveitar essa noite colado em ti. Alma com alma, suor com suor. Eu sei que talvez sem mim você se sinta livre,  o meu coração, ele só tem espaço para você, apenas para você e claro, para a nossa playlist. texto por reika e rissellie z.












Leia mais

Vamos juntas conquistar os nossos objetivos

Por Rissellie zani •
29.4.18


Não é fácil manter-se fiel a um objetivo, quando o definimos pode ter certeza que milhares de obstáculos surgirão no seu caminho para tirar o seu foco. E isso não é algo do além, ou alguém desejando o seu fracasso (bem isso pode acontecer, então fique de olho, beleza?), é simplesmente os imprevistos da vida. Só precisamos ver essas ''pedras'' no percusso de uma forma mais leve. 

Elas vão aparecer, já tenha isso em mente. Uma vez, em um dos milhares de vídeos motivacionais que eu assisto, escutei o seguinte argumento "A pessoa que determina o seu objetivo sem ter em mente os imprevistos, não está de fato preparado para conquistá-lo. Já aquela pessoa que está ciente do que pode acontecer, já está um passo á frente, isso porque ela pode se antecipar para resolver os problemas e continuar a caminhada até alcançar a reta final".

No começo do texto eu escrevi sobre ver esse tipo de situação de um jeito leve, e não é fácil viu? Por não ser fácil já deduzimos que o objetivo/sonho ultrapassa seu próprio limite e medos.

Por isso, aqui vai uma dica: Pegue uma folha em branco e duas canetas de cores diferentes. No meio do papel você vai escrever o seu objetivo (escreva com a cor mais vibrante) e com a outra caneta você vai escrever ao redor na palavra tudo o que pode surgir para atrapalhar, dificultar e  atrasar a conquista. Quando você terminar, leia tudo o que você colocou no papel, você já vai estar um passo a frente, agora é só ir com calma se antecipando para confrontar as situações que podem ocorrer.

Um passo de cada vez, estipule um prazo não tão grande e nem tão curto, descobri esses dias que colocar um prazo muito longo é não acreditar muito no próprio potencial. Conforme o decorrer do projeto é só alterar um pouco os planos, não somos máquinas sem sentimento, vamos juntas encontrar o nosso pote de ouro no final do arco-irís?


Leia mais

Run To You

Por Rissellie zani •
5.4.18



Run To You é um programa que leva o artista até os fãs feito pela 1theK, descobri sem querer no Youtube e queria compartilhar o meu top 5 favoritos! 


(1) Winner- ''Really Really''

Começamos com a minha apresentação favorita do Run To You! O grupo Winner fez um show dentro de uma loja, enquanto cantavam a produção também mostrava uma moça que trabalha na loja, eu fiquei toda confusa, mas quando chegou no final eu (e mais todo mundo) ficou surpreso! Sério, depois dessa eu sou mais fã desses garotos  



(2) BTOB - ''Missing You''

Pensa em uma grupo fofo e descontraído! Descobri o BTOB no ano passado sem querer e desde de lá acompanhamos seus lançamentos e apresentações (minha irmã é mais fã do que eu, ela pode dar uma aula sobre BTOB se pedirem ahaha). Essa música, ''Missing You'', foi um dos grandes lançamentos do grupo nos últimos anos e eles aproveitaram para divulgar mais o jabá deles no meio da cidade.



(3) Lee Hi - ''Breathe''

Lee Hi estava com medo de ninguém aparecer na sua apresentação, mas foi uma das mais lotadas que eu assisti até agora. Ela cantou a música ''Breathe'', escrita por Jonghyun.



(4) AKMU - ''Re-Bye''

AKMU é a sigla para Akdong Musician, uma dupla formada pelos irmãos Lee Chanhyuk e Lee Suhyun. Eles ficaram famosos na Coréia depois de ganhar o reality show K-pop Star em 2012. De lá pra cá eles cairam no gosto do pessoal, principalmente por agirem como irmãos agem normalmente (sim, eles brigam nos programas de variedades, mas se amam muito). Nesse Run To You eles aparecem em um local turistíco, mesmo com uma hora de atraso e chuva os fãs ficaram para ver os dois se apresentarem.



(5) Ailee - ''I wll go to you like the first snow''

O pessoal do Run To You aproveitou a onda de Goblin e fez a Ailee aparecer ''do nada'' no auditório cheio de alunos estudando para as provas. Essa mulher canta muito, da pra ver que o pessoal estava adorando a apresentação.




Leia mais

Cartas ao Acaso

Por Reika Zani •
28.2.18


Ela


Eu só queria dizer que ta tudo bem por aqui, eu to conseguindo pegar no sono e não sinto mais tanto medo de ficar sozinha no meu quarto, mas tenho que assumir que era bem mais fácil quando você estava do meu lado, me acalmando e me aninhando no teu corpo.
Os dias estão passando rápido, eu nem percebo as horas correrem, sabe? Meu corpo segue fazendo movimentos rotineiros sem que eu note. É fato consumado, o meu coração acelera como se o mundo fosse acabar, no instante que escuto a chave de alguém balançar na frente do portão lá de casa. Isso me corrói e consome.
Queria que você soubesse que todos os dias eu te espero ao entrar no banho quente, e ao deitar na cama fria, queria deixar isso para trás mas não consigo fazer de ti apenas uma pessoa que conheci em algum momento e pronto, quero fazer você presente, quero você presente! Ser capaz de sentir o ar sair das suas narinas enquanto me beija, como se fosse o nosso último beijo, poder entrelaçar os seus dedos nos meus enquanto diz que me ama, minha vontade é ter você aqui até que chegue a manhã seguinte e não tenhamos vontade de levantar e preparar o café.

Quero que tu sejas meu,
Na mesma proporção que um dia eu fui sua. 
Quero que tu me vejas como te vejo e invejo quem te roubas o sorriso.
Vem deita aqui, 
Deixa eu percorrer as linhas do teu corpo como um viajante percorre o mapa do seu próximo destino.
Deixa eu te completar
E contemplar, 
Mesmo que seja por algumas horas,
Horas feitas de ti,
Feitas de nós.
NÓS.

Ele

Eu escrevo todo dia com a intenção dela responder, mas parece que nem os correios que antes era nossa ponte de contato gostariam de ter eu e você na mesma linha de correspondência. Meu quarto que foi testemunha de tudo o que você fez com a minha sanidade, hoje é cinza e fede a desesperança. Gostaria que fosse fácil essa tal coisa de separação, mas não é.
Eu ainda escrevo, eu leio, eu vivo cada palavra que você me disse antes disso tudo, eu percebo o quanto eu fui negligente, mas sempre enxergamos isso quando acaba e é do ser humano ser pálido e cético quando surge algo estonteante e que pode mudar a sua vida, no meu caso, era você. Sinto saudade do teu café amargo com açúcar mascavo de qualidade duvidosa, sinto falta da sua preferência por água saída diretamente do local mais quente do mundo e por ironia amava deitar do lado mais gelado da cama, perto da parede de cor branca e enfeitada de mandalas.
Lembro também das tuas surpresas e sustos quando ouvia a chave girando a fechadura do nosso portão enferrujado e cercado por samambaias, eu as odiava, as samambaias, não as tuas peripécias com o meu fraco em sustos. Eu ainda sonho com nossas noites de descanso, onde a sua cabeça descansava sobre o meu peito, enquanto eu sentia sua respiração calma e quente recorrendo sobre o meu coração. Você reclamava de como eu era poético, certinho no português, mas se derretia quando declamava meus versos de “burguês”, ricos em proparoxítonas, palavra que você odeia e prefere “reciprocidade”.
Eu queria ser teu, como você já foi minha, mas a confusão nos assola e nos prende em ciclos sem fim.
Queria muito HORAS de ti somadas com “nós”.
Desculpe a melancolia,
Mas o que sobrou foram MILÉSIMOS de nós
Que não enrolaram
Em minutos a sós com a saudade.


Texto por: Zani e Duarte!


Leia mais

São 4h da Manhã e Eu Estou Pensando Em Você #Playlist

Por Reika Zani •
19.2.18

São exatamente 4 horas da manhã e eu não consigo tirar você do meu pensamento. Já levantei, andei de um lado para o outro, joguei uma água no rosto, fiz uma xícara de chá de camomila. Eu fiz de tudo, mas você não sumiu, quanto mais eu tento nossas memórias passam como fleches, esses acompanhados de uma boa dose de lágrimas servidas já frias, pois o tempo deixou claro que elas não se fazem mais necessárias, mas meu coração grita e faz cada veia do meu corpo pulsar mais forte para colocar tudo o que eu sinto aqui, para fora. Meu peito dói e minha cabeça se auto destrói por saber que apenas eu continuo sofrendo... 

7 músicas que me lembram da noite que eu não consegui tirar você de mim.
      

Playlist nossa de toda semana, músicas bem BR, nada de outros idiomas, porém, ainda nesse ritmo calminho e sad songs, desculpa mundo mas tenho minhas preferências!


Leia mais

Publicidade

Instagram

© 3 vezes por semana ♥ – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in